Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

14
Jan19

As Diabruras Do "Menino" Marcelo...

Filipe Vaz Correia

 

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu Luís Montenegro, no Palácio de Belém.

Ou melhor...

O Presidente da República recebeu um candidato, putativo, à liderança do PSD, no Palácio de Belém.

Sinceramente este inicio de 2019 tem trazido à tona, um Marcelo que desconhecia, uma espécie de caricatura do P.R., a que estava habituado.

Primeiro o telefonema para Cristina, agora uma conversa de pé de orelha com o desafiante Montenegro.

Mas desde quando o P.R. se imiscui na luta Partidária, se intromete na disputa interna de um Partido Político.

Dir-me-ão que se trata do maior Partido da oposição, essencial para a estabilidade da Democracia...

Sim e então?

Esta atitude de Marcelo permitiu a Luís Montenegro, uns minutos de solenidade Institucional, de pé, vociferando a plenos pulmões as suas razões, com o Escudo da Presidência da República, ao fundo.

Não consigo compreender.

O que irá fazer Marcelo Rebelo de Sousa, caso apareçam mais, putativos, candidatos à Presidência do PPD/PSD?

Irá recebe-los a todos?

Temo que uma histeria eleitoral tenha chegado ao Palácio de Belém, invadido a mente do "nosso" Presidente e possa assim comprometer, um mandato que na minha opinião, caminhava irrepreensível.

Mas enfim...

Espero que Marcelo reencontre o rumo, pois a sua actuaçao tem sido essencial, para o equilíbrio do País.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

14
Jan19

Amor de Mãe...

Filipe Vaz Correia

 

Estava a mexer em papéis, antigos, de minha mãe...

Minha querida Mãe.

Oito anos se passaram, oito tristes anos de saudade, ausência, eterno amor.

Oito anos que, por vezes, pareceram ontem, outras vezes pareceram uma eternidade.

No meio dessa busca, minha, por memórias, afagos perdidos, pedaços de algo que me pudesse reconfortar, nessa batalha constante contra a tamanha dor que se tornou presente.

Nessa busca, no meio da imensa confusão, papelada, esse pedaço de papel teu...

 

"Quando o dia nascer;

Acorda com coragem,

Crê em Deus, podes crer,

A vida vai "viver" uma nova viragem...

 

Ajuda, só de Deus;

Essa que irá chegar,

Olha com fé para os céus,

Que o sol te irá sempre brilhar...

 

Um beijo com amor;

Meu filho querido,

É com muito fervor,

Que sempre estarei contigo."

 

Por entre, uma soluçante vontade de te abraçar, escassearam as palavras, numa penetrante viagem pelas memórias tão minhas, tão nossas, que batem neste meu coração, tão teu, só teu, eternamente teu...

Obrigado Mãe!

Por tanto amor, por todas as lições que ecoam em mim.

Amo-te sem fim, pois sem fim foi esse amor que de ti sempre recebi.

Um beijo deste teu filho...

 

"Poesia da autoria de Mariana Vaz Correia"

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

  • BC

    ….

  • Filipe Vaz Correia

    Minha querida BC...Como gosto de sentir o carinho ...

  • Filipe Vaz Correia

    Minha querida BC...Obrigado.Um beijinho imenso

  • BC

    ohhhh… "Porque o mundo é meu; Mas o meu mundo… És ...

  • BC

    Tenho olhado para elas todos os dias de manhã… que...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Janeiro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D