Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

03
Nov18

Por Favor... Não Percam O "Material"!

Filipe Vaz Correia

 

O trânsito em Lisboa estava, hoje, um pandemónio...

Amoreiras, Marquês de Pombal, Marquês da Fronteira, enfim, um infindável labirinto de carros, de ruas cortadas e policias de trânsito.

Questionei-me o que justificava tal agitação, carros e tanques, aviões e soldados, armas à solta por esta Lisboa...

Elucidaram-me:

Uma parada militar, como há muito não se via, para as comemorações do Dia do Armistício.

Ok...

Mas o Dia do Armistício, não é a 11 de Novembro?

É...

Mas isso não interessa nada.

Milhares de soldados desfilarão por esta Lisboa, Portugueses e não só, num aperaltar das tropas, vociferando o orgulho militar.

A minha preocupação com o trânsito logo se alterou...

Armas, soldados, tropas, tanques e aviões, à solta por Lisboa, entregues a Instituições militares.

Meu Deus!

Por favor, cortem o trânsito, atrapalhem a vida do cidadão, aborreçam o dia a dia das pobres almas...

Mas por favor, contem bem as armas, façam um inventário dos aviões, saibam bem quantos tanques saíram para a rua, apenas para tranquilizar a minha inquieta pessoa.

Pois não me apetece descobrir, num qualquer telejornal, que desapareceu um  "pequeno" F16, pelos ares Lisboetas ou um tanquezinho, verde tropa, ali ao virar da esquina.

Somente isso...

Façam a festa, mas não percam o material.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

03
Nov18

Frederico Varandas: As Palavras De "Barbini"...

Filipe Vaz Correia

 

" O Homem me ouve a toda a hora, quer que esteja dentro do Sporting para comandar o Clube, quer que esteja sempre ao lado dele..."

" No dia que me descartar é o dia em quem ele cai..." 

São palavras do Pedro "Barbini" e que levaram à sua queda, formal... 

Mas depois do jogo com o Estoril, o peso que os assobios das claques parecem ter tido na decisão Presidencial, mesmo sem ter um plano de recurso estudado, não podemos esquecer estas palavras.

E quem caiu foi Peseiro.

Porém, depois desta derrota do Benfica, a decisão do Presidente do Sporting ganha mais interrogações...

Será que quem caiu, não foi o Presidente Varandas, à mercê dos aconselhamentos de um qualquer "Barbini"?

Veremos...

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

02
Nov18

# FicaTiagoFernandes

Filipe Vaz Correia

 

A confusão está instalada no Reino do Leão, depois de Frederico Varandas ter despedido José Peseiro de Treinador do Sporting Clube de Portugal...

Não por os adeptos estarem do lado de Peseiro, mas sim porque parece algo feito sem nexo, sem preparação, de forma acobardada e interligado ao descontentamento das calques.

No primeiro momento, falava-se de Leonardo Jardim ou Jorge Jesus, nunca acreditei...

Neste momento já vamos em Prandelli ou Karanka.

Por amor de Deus!

Será possível tamanho amadorismo, de quem se dizia tão preparado?

Varandas só está há dois meses em Alvalade, Peseiro também só estava há quatro...

Independentemente do medíocre futebol jogado pela equipa do Sporting, que era indesmentível, para se substituir um treinador que está a dois pontos da liderança e em todas as provas, é necessário mais do que um singelo abanão...

É imperioso ter uma alternativa credível e capaz de suprir no imediato, a normal sensação de ausência de liderança.

Veremos como correrá este imbróglio inventado pelo Presidente Leonino, esta sensação de cobardia entrelaçada com incompetência, sabendo de antemão que quem vier para o Clube, não gozará de Estado de Graça, assim como, o mesmo Estado de Graça de Frederico Varandas, terminou com esta decisão.

A partir de agora está à mercê dos resultados e do selvatico julgamento, diante dos mesmos que na Quarta-Feira vociferavam contra Peseiro.

Normalmente quem governa pela rua, cai pela rua.

Veremos...

Por fim, deixar aqui uma "hastag" de apoio a Tiago Fernandes, pois para treinadores de duvidosa credibilidade, prefiro a solução da casa, estilo Paulo Bento.

# FicaTiagoFernandes

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

01
Nov18

Dois Anos De Viagem Na "Minha" Caneca...

Filipe Vaz Correia

 

O Caneca de Letras faz hoje dois anos...

Dois anos de uma imensa partilha, opinião, desbragada imaginação que se permite voar, por entre, as linhas deste "cantinho".

Neste "cantinho" de poesia e prosa, de desabafos e amores, de lágrimas e sorrisos, de tudos e nadas, vai sobrando o contentamento maior de escrever...

Escrever é uma das minhas paixões, ensinamento que herdei de minha Mãe e talvez por isso, de cada vez que escrevo me sinto mais perto dela, mais aconchegado, em contraponto, com a maldita saudade que a minha alma corrói.

Neste entrelaçar de uma viagem, não posso deixar de aqui salientar pessoas que entraram na minha vida, através do Caneca de Letras, e que fazem parte deste destino carregado de palavras...

Terminatora, A Desconhecida, A Rapariga do Autocarro, Ana, Francisco Laranjeira, O Último Fecha A Porta, Anjinho, DC, Jaime Bessa, Beia Folques, Tudo Mesmo, A Gaivota Azul, Robinson Kanes, Triptofano, Equipa Sapo, Pedro Neves, etc...

Obrigado a todos os que por aqui passam e perdem um pouco do seu tempo, nesta partilha comum.

Que venham mais anos...

Para terminar, não posso deixar de falar no meu querido Tio Jaime, o seguidor número um do Caneca de Letras.

Há um ano atrás,  ainda os dias eram de alegria, longe de podermos imaginar que a penumbra chegaria...

Mas aqui o Tio será  eterno, como eterna será  em mim, a recordação que de si guardo.

Dois anos, de muitos mais...

Se Deus quiser.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

 

 

 

01
Nov18

E Depois De José Peseiro?

Filipe Vaz Correia

 

José Peseiro foi despedido...

Ao contrário do que foi escrito, não foi nesta madrugada que isso aconteceu mas sim nas páginas do Jornal Expresso, de forma indirecta mas sonora.

A derrota com o Estoril, foi apenas uma simpática desculpa para a execução do plano Presidencial.

Perguntarão...

Peseiro estava a fazer um bom trabalho?

Não.

Infelizmente este José  Peseiro, que pela segunda vez passa por Alvalade, mostrou-se "pequenino", medroso, incapaz de motivar equipa e adeptos ou apostar em jovens jogadores.

O oposto do que tinha feito, anteriormente, no Sporting.

Dito assim, não me surpreende o despedimento de Peseiro, aliás, ontem enquanto sentado me encontrava nas bancadas do Estádio José  de Alvalade, várias foram as vezes em que isso me passou pela cabeça...

No entanto, uma nota é preciso tomar:

A Presidência de Frederico Varandas começará, efectivamente, neste dia, com este despedimento.

Mesmo com a equipa a jogar de forma medíocre, Peseiro deixa o Sporting a dois pontos da liderança do Campeonato, em segundo na Liga Europa, na Taça de Portugal e, dependendo de si, na Taça Lucílio Baptista...

As consequências deste despedimento recairão sobre Frederico Varandas e sobre esta sua decisão.

Quanto a nomes, eliminando o inverosímil Leonardo Jardim, oiço falar em Paulo Sousa, Miguel Cardoso, Rui Faria...

Apenas uma coisa:

Para Paulo Sousa, deixem ficar o Tiago Fernandes.

O nome que gostaria?

Rui Jorge.

Com tempo e projecto, apoiado por uma liderança que não esteja nas mãos de uma claque, poderá transformar este Clube.

Pedirei muito?

Talvez...

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

  

Pág. 4/4

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

  • Teoria do Nada

    Eu tenho uma teoria: isto é racismo, é tudo falso ...

  • Leão da Estrela

    Alguém afirmou - não me lembro quem - que «O mundo...

  • Bia ❤️

    Ohhhhh que bom!! Muito obrigada pelo carinho, beij...

  • Filipe Vaz Correia

    Minha querida Teresa...Sempre com uma palavra amig...

  • Teresa

    "Eu cultivo rosas e rimas, achando que é muito bom...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Novembro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D