Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

22
Nov17

Triste Destino Meu!

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Não me persegue a velha chama;

Chamando por quem costumava chamar,

Desapegado chamamento,

Que ousava clamar,

Dentro de mim...

 

Não existe mais aqui dentro;

Aquele bater,

Que crescia por um momento,

Desejando viver,

A teu lado...

 

Não respira mais aquela dor;

Mistura de sabores,

Sedutor odor,

Perdido por entre amores,

Despedaçados...

 

E no centro da velha tela;

No meio daquelas lágrimas,

Se escondem as aguarelas,

Com que foi pintado,

O triste destino meu.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

  • Bia ❤️

    Tão perfeito....

  • Sofiazita

    Eu sou benfiquista mas não ligo nada de nada ao fu...

  • Sofiazita

    Ui ui ui ui,fiquei super espantada com esta notíci...

  • Teresa

    Guiarão? Como se não se tivesse já passado o abism...

  • Filipe Vaz Correia

    Meu caro Anónimo...Portanto diZ que se descermos p...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Novembro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D