Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

23
Out17

Quem Foi O Idiota?

Filipe Vaz Correia

 

Quem é que se lembrou de convidar Mugabe para embaixador da OMS?

Quem foi esse idiota?

As palavras não podem ser esquecidas, quando estamos perante um acto político pejado de imbecilidade, de um leviano desrespeito por tantas e tantas vidas humanas, que sofreram às mãos de um ditador e dos seus correligionários.

Robert Mugabe, Presidente do Zimbabué, é aquele que há muitas décadas atrás, foi considerado o líder modelo de África, no pós-Imperialismo, mas que se revelou um déspota sem escrúpulos, um racista e psicopata.

Robert Mugabe foi conivente com os seus militantes extremistas, permitindo que milícias armadas, invadissem milhares de fazendas no interior do "seu" País, sequestrassem centenas de famílias "brancas", muitas vezes matando um a um os seus membros, por vezes até o animal de estimação...

A tudo isto, era obrigado a assistir o Patriarca da família, para que o seu sofrimento fosse potenciado ao máximo, num gesto de terror e maldade sem explicação.

Nunca me esqueço desse documentário a que assisti, sobre esse período do Zimbabué, num trabalho com a assinatura incontornável da BBC.

Para mim Mugabe é comparável a Adolf Hitler ou a Estaline...

Só não teve os meios para atingir o mesmo número de mortos, mas no requinte de malvadez, na intrínseca forma de ser maléfico ou até no sinistro bigode, em nada lhes fica atrás.

Por essa razão, não posso deixar de gritar:

Quem é que foi o idiota que se recordou, de Robert Mugabe?

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

23
Out17

Hillary Clinton...

Filipe Vaz Correia

 

Hillary Clinton foi a convidada do GPS, de Fareed Zakaria, na CNN, para falar do seu novo livro e de vários outros assuntos...

Vi várias entrevistas de Hillary ao longo dos anos, desde o 60 minutos até outro tipo de formato, e sempre me ficou a sensação de que não se conseguia ver a verdadeira mulher, por trás da personna política.

Nesta entrevista, pela primeira vez, julgo que Hillary está diante de Fareed, assim como dos espectadores, de alma nua, despida dos receios ou constrangimentos que sempre a amarraram.

Hillary falou de Putin, de Trump, da América, da economia, da campanha, das fake news, de si e do seu casamento...

Falou de tudo.

Expressou ter compreendido o que se tornou trágico na sua campanha, o papel das fake news e o contributo que o FBI ou os Emails tiveram no voto Americano, mas compreendeu também que o seu lado fechado, contido, pouco natural, fez com que muita gente se afastasse...

Não sentisse empatia.

O que sei é que gostei desta entrevista, senti pela primeira vez empatia por aquela mulher, aquela pessoa que ali se encontrava despida de ex-Senadora, ex-Secretária de Estado, ex-Candidata Presidencial.

Pela primeira vez, foi apenas Hillary.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

23
Out17

Mea Culpa...

Filipe Vaz Correia

 

Mea culpa, foi uma das primeiras expressões que aprendi em Latim:

Mea culpa, mea culpa, mea máxima culpa...

Frase que era obrigado a repetir, sempre que era apanhado em alguma traquinice.

Que saudades da minha querida Professora Jesuína.

Esta introdução serve para vos guiar, até ao sentimento que tomou conta da minha consciência, depois do jogo do meu querido Sporting...

Como todos os que andam aqui pelo Caneca sabem, não gosto do jovem Piccini, lateral direito fétiche de Jorge jesus, e que de elogio em elogio, continua coleccionando a minha imensa irritação.

Não conseguia compreender como poderia o Sporting ter contratado um lateral que raramente cruza, um jogador que constantemente erra no processo ofensivo, que facilmente desequilibra no processo defensivo, com erros sucessivos, sucessivamente desinspirado.

Explicada que fica a minha opinião sobre a personagem, tenho de aqui fazer o meu Mea Culpa, profundamente inebriado pelo deslumbramento sentido nas bancadas de Alvalade, pela surpresa indescritível de um lateral que desconhecia.

Teria razão, Jesus?

Ainda não estou convencido, no entanto, talvez embalado pela estrondosa vitória sobre o Desportivo de Chaves, quero aqui deixar estas palavras que jamais pensei escrever:

Piccini fez um grande jogo, irrequieto e desequilibrador ofensivamente, perfeito e determinante a defender, uma exibição de imensa qualidade.

Meu Deus...

O meu acto de contrição está feito, acompanhado por uma exibição de grande nível do SCP, regressando assim, a esperança leonina a Alvalade.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D