Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

19
Mai17

Brasil: Grito De Revolta!

Filipe Vaz Correia

 

Onde te perdeste Brasil?

É a pergunta que dá vontade de fazer, a cada noticia vinda daquele pedaço de encantamento refugiado na imensidão da sua beleza, distante de nós, apenas por esse gigante chamado Atlântico...

Como pode o País de Caetano e Bethânia, de Oscar Niemeyer e Jô Soares, de Jorge Amado ou Tom Jobim, de Fernanda Montenegro ou Vinicius de Moraes estar entregue a esta elite política pejada de aldrabões?

Como é possível?

Depois de anos a lutar contra a Ditadura Militar, contra a inflação gigantesca dos anos 90, contra os desmandos de um jovial Collor, o Brasil mereceria assim como a sua gente, um futuro mais risonho, mais adequado à intemporal dimensão da sua beleza.

Ao ver na rua as pessoas, ao perceber a sua revolta, um receio toma conta da minha escrita, da minha imensa vontade em reescrever esta triste novela em que se transformou este nosso Brasil:

O de uma revolta popular.

As pessoas talvez pela primeira vez em muitos anos, compreendem agora a dimensão real da corrupção que assola o País, que devora os alicerces que abanam a cada investigação, a cada delação, em cada noticia ou rumor...

Já não subsiste esperança para os mesmos que habitualmente vão trocando de lugares, que vão prometendo e fazendo o seu contrário, para todos os que participam neste esquema fraudulento a que habitualmente se chama Democracia Brasileira.

O desespero estampado no rosto, daqueles cidadãos que falam diante das câmaras de televisão, deixa o alerta gritante para um desastre sem proporções que me continua a parecer, esta elite política ainda não ter compreendido.

O que se tem sabido com a investigação Lava Jato vai muito para lá de Lula, de Dilma, de Temer, de Aécio, do PT ou do PSDB, vai diretamente ao cerne da questão...

Quem sobra impoluto a este terramoto político, a este vendaval sem moral, sem princípios, destituído de valores ou de ética?

Só vejo uma resposta, no panorama político actual:

O Tiririca.

O Brasil tem duas hipóteses:

Ou muda o sistema político em que assenta a sua Democracia ou votam no Tiririca, pois no meio daqueles Senadores, de todos aqueles Congressistas, da imensa corte política de Brasília, é bem capaz de ser o único que verdadeiramente, não roubou...

Que Deus te Proteja, Brasil de todos nós!

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

19
Mai17

Pinceladas De Poesia

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Não consigo mais gritar;

Nem a minha voz calar,

Sobram-me palavras para falar,

Dores que quero soletrar,

Por entre as nuvens a navegar,

Nesse céu azul, infinito...

 

Guardo tamanha angústia;

Dentro da minha alma solitária,

Alma amargurada,

Amargura imaginária,

Sem fim...

 

Vozes numa canção;

Cheia de letras e emoção,

Descrevendo a sensação,

De caminhar por entre a multidão,

Despida ilusão...

 

E em cada verso desnudado,

Ideias desencontradas,

Em cada pensamento desabitado,

Escrita desalinhada,

Em cada traço imaginado,

Uma esperança pincelada...

 

Pincelando o tormento;

Do meu desencanto.

 

 

 

 

19
Mai17

Amor Maior...

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Só te peço que não chores;

Para que eu não tenha de chorar,

Só peço que não fraquejes,

Para que eu não tenha de fraquejar...

 

Só desejo, desejar,

E não deixar de sorrir,

Só temo não te encontrar,

Ou te encontrar a partir...

 

Só quero que eternamente;

Eu possa vislumbrar,

Só quero intensamente,

De ti nunca me olvidar...

 

Só quero que esta dor;

Seja fingimento,

Que este ardor,

Seja levado pelo vento,

E que apenas fique este amor...

 

Que é o teu;

 Por mim.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Maio 2017

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D