Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Montanha...

Filipe Vaz Correia, 05.03.17

 

Subi uma montanha;

A mais bonita que encontrei,

E enquanto a subia,

Nesse momento respirei...

 

Subi, sem parar;

Com a fé presa no olhar,

Querendo acreditar,

Que a iria alcançar...

 

Subi a minha montanha;

Só minha e de mais ninguém,

Aquela que sempre desejei,

E assim acordei...

 

No ponto mais alto do mundo;

Sozinho, silêncio, solidão,

Olhando vagabundo,

Para a eterna imensidão...

 

Tudo parece imenso;

Fugindo por debaixo de nós,

Sentindo o beijo intenso,

Desse vento que tem voz...

 

Abro os olhos, devagar;

Com receio e sem dizer,

Que depois de acordar,

Essa montanha possa perder...

 

Prendo-a assim,

Junto a mim;

Montanha que conquistei,

Sonhando encontrar,

O destino que desejei.