Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

23
Dez16

Poeta...

Filipe Vaz Correia

 

Ser poeta é...

Cantar sem ter voz;

É voar sem ter asas,

É nunca estar só,

Mesmo estando...

 

É ver longe, sendo cego;

É nadar sem ter água,

É dizer que sim, não nego,

Ao amor, à dor, à mágoa...

 

É crer em Deus, sendo descrente;

É beijar na boca, não tendo lábios,

É viver o presente, ausente,

Aguardando versos sábios...

 

É escrever sem palavras;

É chover no verão,

Noites quentes, amargas,

Estimulando a imaginação...

 

É chorar, é sorrir;

É amar, é sentir,

Abraçar ou pedir,

Uma emoção a fugir...

 

Ser poeta é enfim;

Um pouco de tudo e de nada,

É pedir à folha em branco,

Uma vida emprestada...

 

E assim sem parar;

Em cada traço desenhado,

Desenhando um pensamento,

Em cada poema imaginado.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Calendário

Dezembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D