Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Vozes!

 

 

 

Oiço ao longe;

As vozes que um dia me pertenceram,

Oiço distantes,

As vozes dos que pereceram,

Oiço longinquamente,

As vozes que se perderam,

Oiço eternamente,

As vozes que me escaparam,

Oiço por entre o vento,

As vozes...

 

As imensas vozes;

Que um dia julguei ouvir...

 

Que um dia;

Julguei eternas.