Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Venezuela: Que Futuro?

 

A Venezuela vive dias de incerteza, de desnorte...

Encurralados entre um regime caduco, asfixiante e a vontade de mudança, a maioria dos Venezuelanos sente nas suas vidas, essa amargura constante de estarem aprisionados a um presente que parece um terrível engano do destino.

Nicolas Maduro, indiferente ao futuro desse país que é o seu, enfrenta a inevitável queda do seu regime, com a alucinação própria de um déspota alheado da realidade, parecendo acreditar, que será possível adiar o inadiável...

Adiar a sua queda.

A inflação que destrói a vida da população aliada à escassez dos produtos de primeira necessidade, alimentos entre outros, são o rastilho de pólvora que incendeia vezes sem conta o dia a dia daqueles jovens opositores, que saem à rua para confrontar, os militares e milicianos, aliados de Maduro.

A revolução Chavista, outrora populista, é neste momento apenas sobrevivente, sobrevivendo à tona de água numa tentativa de resistir ao seu próprio povo e à sensação de mudança que se sente...

Os mortos que tombam diante dos algozes revolucionários, acrescentam raiva e indignação àqueles que combatem este famigerado regime, guiando este impasse para um previsível desfecho.

Tenho como certo que Maduro cairá, que este Governo infame, comunista e demagogo tombará, apenas não sei se ao estilo Ceausescu ou se conseguirá o sucessor de Chavez esquivar-se daqueles que certamente dele se quererão vingar.

Assim, enquanto assistimos todos ao desmembrar de um País, desesperando por uma solução que nunca será pacifica, poderemos todos reflectir sobre os caminhos tortuosos que levam as pessoas num determinado momento, a eleger odiosos populistas, como tutores das suas esperanças.

Que venha o futuro para estes jovens Venezuelanos que apenas desejam outro caminho, outro destino, outra esperança, outro futuro...

O seu futuro!

 

 

Filipe Vaz Correia