Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Um Sporting Com Estrelinha De Campeão...

 

Mais uma noite em Alvalade...

Mais uma jornada de sofrimento.

Parece que não conseguimos, nós Sportinguistas, ter um jogo fácil, sem o sobressalto aviltante deste receio de que algo possa escapar...

De que a vitória não chegue.

Mas chegou...

No pés de Jeremy Mathieu, o central vindo do Barcelona e que carrega no seu futebol a classe inerente a um jogador do seu nível.

O Sporting jogou como sempre, lentamente, previsível, no entanto, com mais alma do que habitualmente, tenho de reconhecer, buscando sempre com garra, o golo que teimava em se esconder.

Jorge Jesus acredita que este futebol nos dará as vitórias, há muito, esperadas...

Eu também quero acreditar, também quero sentir que poderemos ser campeões.

A estrelinha de campeão que ontem esteve em Alvalade, será indispensável para que consigamos os objectivos traçados na alma Leonina, pois uma equipa que se amarra demasiadamente à táctica e ao posicionamento, não pode confiar demasiado no seu desequilibro, para fazer a diferença.

Este Sporting que agora chega ao topo da classificação, não pode fraquejar, esquecer que dependerá da sua persistência, o fraquejar dos seus adversários.

Por fim duas notas:

Estou rendido a Coentrão...

A sua alma, o seu querer, essa entrega maior que nos orgulha e deixa carentes de palavras.

Grande Fábio Coentrão!

Para terminar uma palavra para alguns idiotas que na parte final do jogo atiraram petardos para o relvado, para perto de Rui Patrício quase atingindo o guarda-redes Sportinguista...

No mínimo poderia ter ficado surdo, mas felizmente ficou apenas consciente da estupidez de alguns adeptos.

Viva o Sporting.

 

 

Filipe Vaz Correia