Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Adeus, Meu Amor!

 

 

 

Nada é maior do que aquilo que sinto;

Nada vale mais do que esta dor,

Nada é sentido quando minto,

Acerca deste meu imenso amor...

 

 Nada me fere mais do que este magoar;

Este malfadado desencontro,

Nada me irá custar,

Como o fim desse reencontro...

 

Nada valerá a pena;

Nessa angústia sem fim,

Do saber que apenas,

Nos sobrará este fim...

 

Uma despedida;

Sem palavras,

Desnudada,

Num intemporal adeus!

 

 

Barack Obama: Um Homem e o Seu Legado...

 

Com todo o gosto assisti ao discurso desta noite de Barack Obama...

O discurso de despedida.

Obama deixou naquele palco, em Chicago, um discurso para a História, resgatando o passado, este presente e os receios de um futuro que importa vigiar.

Ao fazer esta viagem Barack Obama sinaliza para todos, o caminho percorrido e o que importa preservar.

Admiro Obama, a sua eloquência, a maneira como não tem medo de chorar, de sorrir, de chegar às pessoas e falar aos seus corações, sempre tentando criar a motivação necessária para mudar constantemente este nosso mundo.

As diferenças nos EUA entre 2008 e os dias de hoje são flagrantes, num legado carregado de conquistas principalmente na frente interna, que ou muito me engano, deixará saudades...

Obama recebeu um país com uma taxa de desemprego na ordem dos 9%, deixa hoje uma taxa de 4.7%, recebeu ainda uma indústria automóvel arrastada por uma recessão sem precedentes, que conseguiu revitalizar, encontrou Wall Street afundada numa crise histórica e devolve-a oito anos depois com o índice Dow Jones perto dos 20 000 Pontos, numa recuperação absolutamente extraordinária, ou seja quase 2 vezes e meio o valor inicial...

Resgatou e suportou parte da banca Americana que se aproximava de um abismo, evitando o seu fracasso nesta economia mundial, ao mesmo tempo que criava esse tão discutido Obamacare, permitindo hoje em dia o acesso de Milhões de pessoas a cuidados de saúde, pessoas essas que anteriormente estariam abandonadas à sua sorte nessa indústria desregulada que se tornaram, os seguros de saúde.

Obama abriu horizontes e marcou também no mundo a sua posição, na histórica aproximação a Cuba, quebrando barreiras que perduravam no tempo e criando assim, novas páginas, novos cenários, infinitas possibilidades.

O acordo de Paris, é outro trunfo de Obama, pois envolve os EUA e o mundo nesse combate dramático contra as Alterações Climáticas.

A Captura de Bin Laden fica também presa ao legado deste Presidente Americano, pelo simbolismo e pela carga emocional que representava...

Na minha opinião, o grande pecado que perdurará para a eternidade destes dois mandatos de Barack Obama, é sem dúvida o Médio Oriente e a sua falta de visão para interpretar a Primavera Árabe e os perigos que dela adviriam...

Obama demorou imenso tempo a perceber, que a estas revoluções se seguiria o caos, a anarquia, a violência, o terror, o vazio, enfim a destruição da maioria desses países, como por exemplo:

A Síria e a Líbia.

O seu apoio a este levantamento popular, deixou-o sem margem para intervir numa solução mais abrangente para aquela região...

Esse é para mim o grande erro de Barack Obama, em todo o seu percurso como Presidente.

Neste discurso, Obama deixa avisos a todos os cidadãos Americanos, incentivando-os a caminharem pelos seus próprios pés, a pensarem pelas suas cabeças, a defenderem não o legado da sua administração, mas o legado dos fundadores desse nobre País, que são os Estados Unidos da América:

A liberdade de pensamento, a tolerância, a diversidade de pessoas, de credos, de raças, de cultura.

Esse legado para Obama é mais importante do que qualquer outra coisa e foi isso mesmo que ele deixou bem claro para os Homens de amanhã, neste discurso de despedida...

Não desistam...

Não deixem de lutar, pois vocês são a mudança deste País!

Yes, we can!

 

Obrigado Barack Obama.

 

Filipe Vaz Correia