Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Sporting

 

Debaixo daquela janela;

Com o rádio colado à orelha,

Debaixo daquela janela,

Chorava, chorei...

 

Por momentos fui feliz;

Noutros momentos desesperei,

Debaixo daquela janela,

Tantas vezes gritei...

 

De desespero, de olhos fechados;

Ajoelhado e de punhos cerrados,

Tantas e tantas vezes,

Debaixo daquela janela...

 

Naquele quarto;

Naquela vida,

Naqueles momentos que nunca mais voltam,

Que nunca mais desaparecem...

 

Aquela criança:

Aqueles sentimentos,

Aquela verdade, imensa, eterna,

De te ver campeão e vencer...

 

Aquela criança perdida, com medo;

Aquela janela e aquele rádio,

Tudo mudou, nada mudou,

Apenas cresci...

 

Ó meu Deus;

Já não caibo debaixo daquela janela!