Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Salazar: O Espólio do Esquecimento!

 

O Prof. Oliveira Salazar, foi durante 40 anos o homem forte que governou este País...

Durante 40 anos liderou os destinos e as principais decisões tomadas em nome da Pátria, construindo inevitavelmente, um pedaço imenso do legado desta Nação.

Ditador, Déspota, Tirano para uns...

Homem bom, ao serviço do seu País ou até Pai da nação para outros, esta personagem fica invariavelmente ligada ao passado que ajudou a criar o presente e o futuro de todos nós.

Não me interessa aqui discutir os méritos ou deméritos de tal figura, os acertos ou desacertos da sua governação ou os imensos julgamentos de opinião a que foi sujeito nestas décadas que mediaram o fim do Antigo Regime...

O que me interessa discutir é algo diverso:

Sendo originário de Santa Comba Dão, talvez mesmo o seu mais ilustre filho, tendo em conta a História, não será de estranhar que 10 anos volvidos a Autarquia ter recebido da sua familia o espólio do antigo governante, nada se ter feito ou decidido fazer em relação a tão valiosos documentos?

Pelo que entendi, todo o material foi encaixotado e guardado por debaixo de um palco do edifício camarário e ali tem permanecido ao longo de uma década, sujeito à natural deterioração e desgaste que o tempo traz a todos os documentos, sejam eles cartas, missivas, fotografias que nestas condições se encontrem.

Antonio de Oliveira Salazar, por muito que isto desagrade à nova ordem saída da revolução, não pode, nem poderá ser apagado da História de Portugal e talvez fosse altura, ainda mais na sua terra, de se criar um espaço para que nada seja esquecido de tão marcante época deste País...

Com o bom e o mau que nesse periodo se viveu, com todas as virgulas e interrogações que porventura ele próprio guardava para si e de certa maneira com a sua versão de pedaços da História que nunca chegámos a conhecer.

Assim vale a pena não impôr esse esquecimento, como arma para que não se possa discutir uma das maiores figuras do Século XX Português, com receio de que as pessoas que não tenham vivido esse periodo possam através das suas cabeças, pensar ou ponderar de maneira diferente...

A Liberdade apregoada por tantos que contra Oliveira Salazar lutaram também é isto:

O direito do seu legado ser dado a conhecer a todos os que nele estiverem interessados.

Respeite-se a História e estaremos mais perto de nos compreender como Povo.

 

Filipe vaz Correia