Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Reencontrarei

 

 

 

Tenho saudades tuas;

Minhas,

De tanto e tão pouco ao mesmo tempo,

Nesse tempo outrora nosso,

Tão nosso que se esfumou,

Tão ténue que desvaneceu,

Tão triste que chorou,

Naquele dia em que desapareceu...

 

Tenho saudades tuas;

De ti que já não existes,

De mim que te pertenceu,

Nessa partilha esventrada,

Por cada letra esquecida,

Nessa tristeza amargurada,

Memória envelhecida,

Que ficou no passado aprisionada...

 

Tenho e tenho;

Saudades intermináveis,

Lágrimas inexplicáveis,

Recordações inolvidáveis,

Dores inenarráveis,

Guardadas em mim...

 

E vai rimando a pequena parte de mim;

Que ainda sente enfim,

Que um dia por fim,

Te reencontrarei.