Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Promessas de Amor!

 

Não te quero prometer;

O que não te posso dar,

Aquilo que mesmo em sonhos,

Possas querer imaginar...

 

Não te vou prometer;

O que ainda eu não sei,

Se um dia te irei dizer,

Essa palavra em que pensei...

 

Não me faças prometer;

Que é amor o que sinto,

Pois na verdade, é capaz de o ser,

Mas mesmo assim, eu minto...

 

Porque de promessas;

Eu tenho medo,

Sempre tive e terei,

E esse é um segredo,

Que de ti, eu guardarei...

 

E se por um instante, duvidar;

E for capaz de te contar,

Que é amor esse olhar,

Que de soslaio parece raiar,

Quando te vejo...

 

Então prometo-te;

Saberás que é amor!