Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Primeira Vez...

 

 

 

Ainda me recordo;

A primeira vez que te vi,

A primeira expressão do teu olhar,

A primeira sensação que senti,

Ao ver-te chegar...

 

Ao ver-te sorrir;

Sem saber quanto irias marcar,

O que sem saber, descobri,

Seria esse eterno amar...

 

Ao que sorrindo, disfarcei;

Essa imensa, imensidão,

Que até ao dia em que morrerei,

Será dona do meu coração...

 

Porque por mais que não faça sentido;

Por mais que seja destemperado,

Nada será mais sentido,

Do que esse descompassado,

Destino...

 

O destinado;

Amor meu!