Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Porquê?

 

Porque tenho de ceder;

Porque devo esmorecer,

Porque devem em mim desaparecer,

Essas memórias amarguradas,

De vidas já esquecidas,

Mágoas passadas,

Noites perdidas,

Amarradas,

A tamanhas feridas,

Que ainda doem...

 

Porque devo responder;

Porque tenho de esquecer,

Porque sou obrigado a sorrir;

Se esta dor aqui permanece,

Nessa lágrima a ferir,

Que não adormece,

O meu imenso sofrer...

 

Porque não posso gritar;

Gritando intensamente,

Libertando sem parar,

Essa voz que desesperadamente,

Me insiste em sufocar,

Sufocando insistentemente,

A vontade de resgatar,

 As ilusões que invadiram a minha alma...

 

Sobrando enfim;

Tantas palavras,

Para descrever a minha história,

Ficando apenas este poema,

Para guardar nessa memória,

Esquecida pelo tempo...

 

Por esse tempo,

Que não consigo descrever!