Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Passado!

 

Tantas diferenças nessa estrada;

Tantas incógnitas, desmentidas,

Tantas palavras amarguradas,

Nunca faladas,

Nunca ditas...

 

Tantos olhares, desencontrados;

Tantos momentos fugidos,

Tantos laços acorrentados,

A um sentimento temido...

 

Orgulho preso nesse passado;

Raiva, cheia de comoção,

Um amor desperdiçado,

Sem pudor ou razão...

 

Sobra esta dor, esse temor;

Essa inválida barreira,

O que restou, desse amor,

Nessa terra sem bandeira...

 

Perto de ti, nos teus braços;

Que se perderam, noutra vida,

Na distância desses abraços,

Que se tornaram, uma mentira...

 

Um dia talvez me possa arrepender;

Das palavras que ficaram por dizer,

Das imagens que me esforço por esquecer,

Por entre as memórias,

Do meu passado!