Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

O Estado Da Nação!

 

 

 

O Estado da Nação;

Vociferado por deputados,

Carregado de excelências,

De discursos emproados,

Libertando excrescências,

Uns descrevendo o País encantado,

E outros inventando negligencias...

 

O Estado da Nação;

Ou o Estado do Parlamento,

Numa discussão de ilusão,

Impregnada de fingimento,

Desesperada desilusão,

Por entre a voz de alguns jumentos...

 

E continua a corneta a tocar;

As luzes a acender,

E continua a banda a passar,

E os palhaços a entreter...

 

E entretido exclama o povo;

Olha o belo Estado da Nação.