Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Lady Di...

 

20 anos...

Vinte anos se passaram, por entre as lágrimas dos que por ela choraram, dos que dela se recordam, dos que nunca se esqueceram, dos que suspirando mantêm viva a chama.

Lady Di, morreu em Paris, no túnel da alma, perseguida por uma série de vampiros, montados em motos, de armas na mão, câmaras fotográficas, metralhadoras despudoradas, sem vergonha...

O mundo incrédulo interrogou-se, na expressão maior de um desencanto, desencantada frustração de uma vida esplendorosa, que se perdia.

Diana de Gales, partia, esventrada nas ferragens do Mercedes onde seguia, despedaçada pela crueza de um mundo que a consumia e ao mesmo tempo dela dependia...

Nunca mais uma fotografia valeria tanto, nunca mais uma perseguição seria tão recompensadora, nunca mais um olhar brilharia de tamanha maneira.

Ainda me recordo daquela manhã, naquele momento em que ouvia a noticia por telefone, da boca de um amigo, sem saber porém que o mundo parara, que parara de respirar a Humanidade, deixando que o tempo desmentisse, sem mentir, a incrédula verdade.

Faz hoje vinte anos que partiu Diana...

E vinte anos depois, ainda se sente a sua presença, na tamanha beleza, tão sua.

 

 

Filipe Vaz Correia