Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Intensamente...

 

Amar perdidamente;

Sonhar permanentemente,

Descobrir desesperadamente,

Querer insistentemente,

Esse desejo que tresloucadamente,

Habita em mim...

 

As palavras nunca ditas;

As vontades interditas,

As cartas que não foram escritas,

Perdidas, sem retorno...

 

Os ventos que não chegaram,

Os momentos que escaparam,

Os sentimentos que passaram,

Os sofrimentos que me sobraram,

Sem nunca me esquecer, de ti...

 

As memórias perdidas,

As história nunca vividas,

As emoções esquecidas,

No meio de tantas feridas,

Que ainda não sararam...

 

E assim continuo a caminhar;

Sem saber como explicar,

Esse amor que sem parar,

Arrebata a intensa esperança,

Da minha alma!

 

 

1 comentário

Comentar post