Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Intemporal...

 

Esse amor intemporal;

Que chega arrebatador,

Como se tratasse de um vendaval,

Irrompendo nesse pavor,

De ser feliz...

 

Chega sorrateiro e discreto,

Ansioso e ousado,

Num formigueiro inquieto,

Num sossego, desassossegado...

 

Num olhar sempre perdido,

No bater de um coração,

Esse amor tão destemido,

Pedindo um pouco de atenção...

 

E nesse momento um sorriso;

Nesse fogo, um chamamento,

Uma imensa falta de juízo,

Trazida pelo vento...

 

Em cada gesto, eternidade;

No teu olhar, o meu mundo,

Duas almas, uma vontade,

Amarradas num segundo...

 

E sem dizer o teu nome;

Guardado em cada lágrima,

Esperarei por ti eternamente,

Em todas as vidas que me sobrarem...

 

Amor;

É uma palavra pequena,

Para descrever, o quanto te amo!

 

 

 

2 comentários

Comentar post