Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Coração De Papel!

 

  Mágoas a disfarçar;

Fingindo que não são lágrimas,

Essa esperança a secar,

No meu rosto...

 

Neste rosto;

Que carrega a angústia no olhar,

Reflectindo o desgosto,

De um amargurado amar...

 

Que descompassadamente se desvanece;

Desiludidamente se entristece,

Loucamente enlouquece,

Devagarinho desaparece...

 

Lentamente desaparecendo;

Por entre a imensa desilusão,

Que de mansinho se foi escondendo,

Neste triste coração...

 

Neste triste coração de papel.