Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Contradição...

 

 

 

Despida contradição;

Da contraditória alma minha;

Contradizendo o coração,

Que suspirando contradizia,

A destemida interrogação...

 

Será que o amor pode resistir;

Às agruras a surgir,

De uma vida a sentir,

Esse medo a ferir,

Em mim...

 

Será que desenhado no olhar;

Se revela o ruborizar,

Por entre esse sonho a acalentar,

Cada reencontro nosso...

 

E mesmo que apenas eu;

O sinta,

Mesmo que apenas eu,

Não minta...

 

Mesmo assim;

Quero continuar a sonhar.