Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Casillas??????

 

Por mais que grite Sérgio Conceição, por mais que se indigne, claro que todos estranharam o que aconteceu com Iker Casillas, ou seja, a sua ausência no jogo do FC Porto contra o Leipzig...

Casillas é intocável?

Não.

Tem o treinador do Porto, o direito e até o dever, de escolher para titular, quem lhe parece em melhores condições?

Evidentemente que sim.

No entanto, em nome da verdade, tenho de dizer que decorridas as primeiras oito jornadas da Primeira Liga, mais jogos da Champions,  não me parece normal que se mude o guarda-redes titular de uma equipa, principalmente quando estamos perante a defesa menos batida do campeonato, e que por essa razão, era imensamente elogiada.

Alguém acredita na versão do treinador do Porto?

Não creio!

Alguma coisa se passou...

Comparar Iker Casillas a Júlio César é desonesto, intelectualmente pouco sério, pois como todos sabemos, não está em causa a imensa qualidade de ambos, o guarda-redes do Benfica há muito que se debate com problemas físicos, crónicos, que não lhe permitem ter uma sucessão de jogos competitivos, ao mais alto nível.

Há quantos anos, não faz Júlio César 20 jogos seguidos?

Pois é.

Por isso essa comparação não faz o mínimo sentido, nem pode servir de justificação ao que sucedeu a Iker Casillas.

Estou curioso para perceber se será uma opção definitiva, ou se pelo contrário, Sérgio Conceição arrepiará caminho e voltará a entregar a baliza Portista ao guardião Espanhol.

Independentemente de tudo, já vi equipas perderem a sua estabilidade por menos, a sua coerência emocional por menores questões, quebrarem-se lideranças por pequenas divergências no seio de um grupo...

Veremos se a caixa de pandora aberta pelo treinador do FC Porto, e mal explicada a meu ver, não se traduzirá no primeiro ponto, de um acto falhado.

Como Sportinguista, espero que sim.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

2 comentários

Comentar post