Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Bruno, CM E Um Sem Fim De Asteriscos...

 

Sou Sportinguista, tantas e tantas vezes o escrevi neste blogue, no entanto, vezes sem conta, vou aqui expressando as minhas diferenças com o Presidente do meu querido Clube...

Durante o dia um querido amigo, alertou-me para um post de Bruno de Carvalho no seu Facebook, com uma linguagem vergonhosa, indecorosa, atentatória do cargo que ocupa.

Ganhei coragem e espreitei a dita publicação...

Segundo consegui perceber, por entre a grosseira proliferação de asneiras, aquele texto indignado tinha como intuito rebater um conjunto de falsidades, com que alegadamente o Correio da Manhã, insiste perseguir Bruno de Carvalho e a sua família.

Não foi este grupo editorial que teve o exclusivo da boda, destes que agora se indignam?

Considero o Correio da Manhã um pasquim miserável, desprovido de qualquer ética jornalística ou qualidade profissional...

Nunca comprei o dito pasquim, pois recuso contribuir para a boçalização intelectual que faz sobreviver este tipo de jornalismo e por essa razão consigo compreender qualquer pessoa que venha clamar a sua indignação, perante tamanha miséria noticiosa.

O que infelizmente me custa ainda mais compreender, é o patamar a que desceu o Presidente do Sporting para responder a este tipo de supostas calunias, que não sendo verdade, encontram certamente eco, nas actuais e absolutamente inéditas, novas funções de Joana Ornelas Carvalho.

A linguagem escolhida por Bruno de Carvalho, tentando fazer uma graçola com as palavras do Presidente do Benfica, apenas desmerecem quem escreve o dito texto e infelizmente a Instituição que representa.

Indignar-se é um direito que pertence a quem se sente ofendido, ser brejeiramente ordinário é uma característica inerente, àqueles que não sabem melhor.

Bruno de Carvalho até pode ter razão, no entanto, no meio das tamanhas asneirolas com que escolheu expressar a sua revolta, fica apenas visível a pequenez argumentativa do seu discurso...

E acima de tudo, o triste enredo em que o meu Sporting, mais uma vez, se vê envolvido.

É difícil pior...

Só se para a próxima, não tiver asteriscos.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

2 comentários

Comentar post