Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

As Mentes Pequenas, No Reinado Do Leãozinho!

 

De facto as mentes pequenas alimentam-se da espuma dos dias ou apenas da sua inaptidão para compreender princípios maiores...

Bruno de Carvalho como um representante dessa estirpe, não poderia deixar passar a oportunidade para comentar, numa Assembleia Geral imagine-se, um dos fait-divers do dia:

O almoço entre António Dias da Cunha e Luís Filipe Vieira.

O Presidente do Sporting mostrou-se indignado com este repasto entre o anterior Presidente do Sporting e o atual Presidente do Benfica, pois na sua pequenina mente nunca lhe passou pela cabeça que aquelas duas pessoas pudessem ser amigas...

Nesse almoço que supostamente se realiza, há anos, uma vez por mês, estavam também presentes Menezes Rodrigues ou Bagão Félix entre outros, num convívio que apenas aos presentes diz respeito.

A amizade, sentimento nobre que liga pessoas apesar da sua cor, credo e imagine-se até clubes, é um principio maior, por vezes de difícil compreensão principalmente para populistas demagogos que lidam mal com a diferença de opinião...

Mas porque raio, dois amigos, como Dias da Cunha e Luís Filipe Vieira não poderiam almoçar?

Mais...

Porque razão não pode Dias da Cunha discordar de Luís Filipe Vieira e mesmo assim continuar seu amigo?

Bruno de carvalho nunca compreenderá este tipo de comportamento, pois este acarreta em si mesmo, um certo tipo de valores que certamente o atual Presidente do Sporting desconhece.

Para mim este seria um dilema de fácil resolução, pois se um dos meus melhores amigos fosse Presidente do Benfica e eu tivesse sido presidente do Sporting, almoçaria com ele as vezes que me apetecesse, porque entendo que a amizade é algo superior aos sound bytes do dia.

O que me espantaria era se António Dias da Cunha fosse apanhado a almoçar com Bruno de Carvalho...

Em primeiro pelo simples facto de não serem amigos e em segundo lugar porque o sócio Bruno de Carvalho correria o sério risco de ser expulso do clube, pelo Presidente Bruno de Carvalho.

E assim continua o Reinado do Leãozinho.

 

 

Filipe Vaz Correia