Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Ao Longe...

 

 

 

Ao longe, distante;

Busco a beleza de outrora,

Na incerteza viajante,

Hesitante demora...

 

Ao longe, desperta;

A recordação desse passado,

A saudade que aperta,

O coração desanimado...

 

Ao longe, escondido;

Aprisionado no querer,

Ficou esse amor ferido,

Que não chegou a nascer...

 

Ao longe, insisto;

Procurando num olhar,

Aquele momento em que desisto,

De acreditar no teu amar...

 

E ao longe;

Sempre ao longe,

Vejo passar,

O destino que não fui capaz de reencontrar.