Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Amor!

 

Nas margens da minha alma;

Nos meandros dos meus segredos,

Nas viagens indiscretas,

Pelos recantos dos meus enredos,

Apenas tu...

Me fazes falta!

 

Apenas tu, fazes sentido;

Neste poema que não esqueço,

Onde me perco, perdido,

Envergonhado, desapareço,

Desnorteado e ferido,

Neste sentimento ausente...

 

Mas por mais voltas, que o mundo possa dar;

Por mais desejos que venha a perder,

Nunca irei renegar,

Esse amor, meu querer,

Que faz parte do meu ser...

 

Porque te irei amar;

Eternamente!