Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Amigos!

 

Um amigo é tão valioso como o respirar de uma vida, como o acreditar de um sonho...

A amizade é a expressão maior da raça Humana, ou seja, um amor intemporal de vidas que insistem em se fazer cumprir.

Ao rever na minha mente esta vida que é a minha, recordo os poucos amigos que preenchem o meu coração, aqueles que ali estando me acompanham nesta viagem, por vezes incompreensível.

Por entre dores e desamores, alegria e conversas, desgostos e euforias, atravessando intensamente os dias que vão chegando, como a espuma das ondas...

Os poucos amigos que guardo comigo, atravessaram os dias de uma vida, contemplando o enternecedor olhar que não falando se expressa, que não gritando segreda esse imenso partilhar.

Uns mais do que outros nessa expressão maior desse amor não explicável, contemplando neste texto esse privilégio tão meu.

As lágrimas por vezes escondidas, amarguradas desventuras compostas em cada sílaba, decompostas nessa atribulada viagem de cada alma e acompanhadas das memórias que preenchem a história de cada um de nós, amarradas a esses olhares, que tornam único, esse nobre sentimento...

Essa partilha incondicional.

Já perdi amigos eternos, desaparecidos por entre a luta de uma vida, no entanto, os que me restam, os poucos que escolhi como meus, permanecem insistentes nesse desgaste que o tempo insiste em percorrer.

Porque a amizade é isso mesmo...

Uma viagem constante através das vidas, que o destino escolheu cumprir.

E vida após vida, nos reencontraremos e voltaremos a acreditar nesse olhar que nos faz sentir inseparáveis.

 

 

Filipe Vaz Correia