Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caneca de Letras

Caneca de Letras

Donald Trump: Um Estado De Desunião...

 

O discurso de Donald Trump no Estado da União, não trouxe grandes novidades ao mundo...

Trump foi fiel a si mesmo, ao seu jeito trauliteiro de ser, debitando durante uma hora e meia, algumas das anormalidades que a todos habituou.

Trump sai deste Estado da União, como entrou...

Sem mais apoios, mas com os mesmos a seu lado.

Esta teatro ou comício em forma Presidencial, consegue fazer corar de vergonha alheia, aqueles que como eu esperaram noite adentro, para ver esta representação tosca e desenfreada, sob os olhares atentos e desbragados de Mike Pence e Paul Ryan.

As inverdades coleccionadas por Trump, ao longo do discurso, foram sendo contabilizadas online por vários jornais Norte-Americanos, tentando assim desmascarar os números e as histórias, ali incorrectamente publicitados.

Neste cenário entre o cómico e o inverosímil, num intenso trabalho abdominal de toda a estrutura Republicana, tantas as vezes que tiveram de se levantar, vai ficando a minha incredibilidade perante o exemplo daquele senhor Norte-Coreano...

Aquele homem de muletas, que segundo Donald Trump teria fugido, atravessando a China e parte do sudeste Asiático de muletas, até à liberdade encontrada em terras Americanas.

Mas enfim...

No fim deste Estado da União, fica a certeza de que a palavra União, nunca esteve tão longe daquela Câmara dos Representantes...

E nos tempos mais recentes, da sociedade Americana.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

 

Já Não Posso Ouvir Falar Da Supernanny...

 

Já não posso ouvir falar da Supernanny e das criancinhas inocentes que estão expostas em tal programa...

Querem acabar com o programa?

Acabem de uma vez...

Querem exterminar a SIC e a sua direcção de conteúdos?

Façam...

Mas calem-se.

Duas ou três leves observações:

Muitas destas pessoas que rasgam as vestes na opinião pública, sobre tal programa, devem sofrer de um reflexo, profundamente incomodativo, de se reverem naqueles Pais sofredores de bulling, das criaturas por eles criados...

Se assim for, infelizmente, até consigo compreender.

Muitos dos que gritam ensurdecedoramente, não perderam um segundo para pensar, que tipo de Homens e Mulheres iremos ter daqui a umas décadas...

Crianças que supostamente batem nos Pais, lhes chamam os maiores impropérios, sem que isso possa causar na maior parte dos indignados, um medo imenso desse futuro que se aproxima.

Claro que me deixa estupefacto a invasão de privacidade e de reserva que um programa deste género causa a uma família, mas nem tanto pelo lado das crianças, mas sim dos seus Pais...

Como pode um Pai, que sabe ter um filho com este tipo de comportamento, expôr-se assim publicamente?

O lado dos Pais, é sem dúvida, o que mais me impressiona.

Posto isto, talvez seja chegada a hora, de enquanto sociedade, nos sentarmos e reflectirmos sobre que pessoas estaremos nós a formar e a educar...

É que as criancinhas são fruto da educação recebida e essa só funciona com regras.

Com muito amor, mas sempre com regras.

Pois sem regras, mais cedo ou mais tarde, lidaremos simplesmente com boçais.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Onde Estará Carles Puigdemont?

 

Esta Terça-Feira todos os olhos estarão postos no Parlamento Catalão, para a tomada de posse do novo Governo da Catalunha...

E uma pergunta se impõe:

Onde estará Carles Puigdemont?

As fronteiras estarão controladas, todos os carros vistoriados, todas as chegadas a aeroportos vigiadas...

Tudo está a fazer o Estado Espanhol e o seu Governo central para impedir qualquer possibilidade de uma surpresa Independentista, no entanto, independentemente de todos estas condicionantes, importa saber que decisão tomará o anterior Presidente da Generalitat.

Puigdemont, exilado em Bruxelas, está confrontado com a decisão judicial que o impede de tomar posse à distancia.

No meio de um turbilhão, que há muito consome a Catalunha, nesse impasse constrangedor, aumenta a esperança de uns, nervosismo de outros, para finalmente entender, até onde estará disposto a ir aquele que supostamente lidera a causa Independentista.

Se Puigdemont estiver presente ou for preso tentando comparecer a esta cerimónia, acredito que este facto acabará por legitimar a alma daqueles que sonham com uma Catalunha independente, martirizando nesse acto, o grito libertador de Milhões.

Caso Puigdemont permaneça em Bruxelas, aprisionado por entre recursos e explicações, julgo que esmorecerá a velha causa, num misto de cobardia que contrastará com aqueles que ficando em terras Catalãs, não temeram o cárcere, em nome de uma luta maior.

Por todas estas razões, razões estas alicerçadas na importância de tal momento, mais do que nunca, importará saber...

Onde estará Carlos Puigdemont?

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Grande Amor...

 

 

 

És o pedaço de mim;

Que mais amo,

A parte da alma,

Que me completa,

O sentir longínquo,

Que me desperta,

A incrível vontade,

Descoberta...

 

És a lágrima salgada;

O sorriso e o querer,

És a esperança emocionada,

A intensa alegria de viver,

Por vezes desanimada,

Que em tua presença renasce...

 

És o tudo e o nada;

Novo e velho ardor,

História encantada,

De um grande amor...

 

Pois é isso que és;

O meu grande amor.

 

 

 

 

 

 

Perguntas De Um Destino!

 

 

 

Um mundo pequeno;

Lágrima asfixiante,

Perdido por entre assombros,

Memória hesitante,

Desassombrados medos,

De um tempo tão distante...

 

Soluçar;

Singelo soluçar da alma,

Alma a abraçar,

Todo esse desejo imenso,

Na imensidão do mar...

 

Escureceu devagarinho;

Já se calaram os pássaros,

Sossegando a inquietude,

Irrequieta forma de amar...

 

Já partiste?

Ou acabaste de chegar?

 

Tantas perguntas;

Segredadamente perdidas,

Em meu coração.

 

 

 

 

Adivinhem Quem Veio Almoçar?

 

Um dia especial, absolutamente especial!

Se a palavra especial pudesse aportar todo o significado do momento...

Pela primeira vez a Didi esteve em casa dos "Padrinhos", esteve ao colo deste seu Tio, que lhe pertence, eternamente lhe pertencerá, não porque nos entregaram um ao outro, essencialmente porque no cruzar dos nossos olhares, entendemos o quão especial era aquele brilho, aquela esperança entrelaçada um ao outro.

A "minha" Benedita tem 6 meses, mas é uma Senhora...

Menina crescida no colo dos Tios, no olhar curioso mas obediente, na busca constante mas tranquila, na desperta vontade de descobrir...

Descobrir tranquilamente.

Pela primeira vez a Didi esteve cá em casa, nesta que sempre será a sua casa, pois no coração destes Tios, o seu lugar estará sempre reservado, assim como no seu tranquilo olhar, se reserva a eterna esperança.

Assim dá vontade de abraçar, de sorrir, de querer imaginar o mundo de amanhã.

Minha querida Benedita...

Consigo tem muito mais graça.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Versos Soltos...

 

 

 

Pintura pendurada na parede;

Na outrora parede despida;

Ousadamente desnudada,

Desnudando esquecida,

A mágoa recordada,

Na recordada ferida,

Que fere despudorada,

Despudoradamente vivida,

Nessa vida descompassada,

Descompassadamente sentida,

Sentindo a amargurada,

Despedida...

 

Um breve suspiro;

Por entre um verso;

Um breve suspiro,

Sem fim.

 

 

Lula Da Silva: Deus Ou Diabo?

 

O Brasil continua em polvorosa, perdido por entre os seus dramas, traumas, inexplicáveis traços de uma Democracia efervescente, rendilhada em constantes desconfianças, esquemas, gritos...

As eleições que se aproximam ameaçam a estrutura da sociedade Brasileira, a sua emocional vontade de como País, caminhar rumo ao futuro.

A discussão sobre Lula da Silva, há muito que passou o estritamente político, ou a dimensão jurídica da causa...

Há muito que se transformou no ponto central de um regime, na questão que divide as águas de um País descompassado.

Este processo tem tudo para correr mal, para esmagar o debate eleitoral e trazer consigo uma instabilidade sem precedentes.

Não tenho dúvidas de que Lula da Silva e o PT estão envolvidos em vários esquemas, várias ilegalidades, desde os tempos de José Dirceu e o Mensalão, esquemas esses envolvendo a Petrobrás e outras empresas Brasileiras...

No entanto é necessário provar os crimes, para se credibilizar a justiça ao invés de a politizar.

O erro que me parece estar a ser cometido pela Justiça Brasileira e em particular pelo Juiz Sérgio Moro, é deixar espaço na condenação para a contestação, não só de Lula, como de muitos Juristas que sendo imparciais, vêem nesta sentença lacunas em demasia.

A sentença de Moro deveria ser concreta, apontar os actos de corrupção, sem margem de dúvida, ligando-os em definitivo com Luís Inácio Lula da Silva, para exterminar a possível vitimização que inevitavelmente Lula iria fazer.

Não me parece que o Juiz Moro tenha conseguido esse intento e com isso permitiu esta espécie de cruzada do PT contra a justiça, ironicamente alegando contra esta, a tremenda injustiça da sentença.

No meio desta tremenda interrogação que serão as eleições deste ano, o Brasil terá de enfrentar este processo eleitoral, como se estivesse em estado de sitio...

Pois mais do que umas eleições, o Brasil viverá uma verdadeira batalha imprevisível.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Secretamente...

 

 

 

O que interessa desvendar;

O enigma mais discreto,

Pequeno segredar,

De um desejo secreto,

Que secretamente se perde,

Por entre um disfarçado sorriso,

Ilusório pensamento,

Imaginário impreciso...

 

Desfiando o destino;

Que ansiosamente se distrai,

Num frenético desatino,

Que arde destemperadamente...

 

O que interessa desvendar;

O que desvendado está;

Em cada pedaço desse olhar,

Que há muito te contempla...

 

No fundo da alma;

Bem lá no fundo...

 

No fundo da alma;

Se esconderá eternamente;

Este misto de sofrimento,

Mistura que intensamente,

Me pertencerá.

 

 

 

 

 

 

 

Cristiano Ronaldo: O Regresso De Um Leão...

 

Foi com um imenso entusiasmo que li as palavras de Miguel Paixão, melhor amigo de Cristiano Ronaldo, sobre o regresso deste a Alvalade.

Ao seu Sporting!

Evidentemente que Ronaldo não o pensa fazer no imediato, nos próximos dois anos, mas saber que pensa isso, que o deseja, é a expressão de um imenso sonho que existe no Reino do Leão...

O regresso do Melhor do Mundo, do melhor Português de sempre, futebolisticamente falando, de um filho da alma Sportinguista.

Ronaldo já ganhou tudo, até dinheiro, e talvez procure encontrar num regresso aos seus, seu clube, seus adeptos, seu País, um reencontro com a sua dimensão humana...

Não creio que Ronaldo fique em Madrid, mas sei que será impossível regressar neste momento a Alvalade, pois tenho como certo, que um qualquer PSG da vida se irá intrometer para o resgatar.

No entanto, as suas palavras já de si acalentam a esperança, que é verde, aproximam o sonho da realidade...

E como Sportinguista peço:

Deixem-nos sonhar!

Até Já, Cristiano Ronaldo.

 

 

Filipe Vaz Correia

 

 

Pág. 1/6